Buscar Especialidades

Tag: Tomografia

18/12/2017

Tomografia computadorizada e ressonância magnética têm diferentes funções. Confira quais! Nos dias de hoje é primordial filtrar as informações que chegam até nós, para não cometermos equívocos. E, entre os assuntos que mais geram desinformação está a diferença entre tomografia computadorizada e ressonância magnética. Ambas têm um ponto em comum: são geradas imagens em alta resolução, principalmente com os equipamentos modernos, podendo abranger desde órgãos até uma análise completa do corpo. Contudo, as semelhanças param por aí: cada uma tem uma especificidade e é aplicada para cada tipo de situação. E é disto que vamos falar neste artigo.   Tomografia computadorizada Primeiramente vamos falar da tomografia: ela é feita através de um aparelho de raio-X e serve para identificar anormalidades causadas por lesões ou patologias. Ela captará a imagem, de maneira tridimensional, de várias estruturas internas do nosso corpo: os ossos, por exemplo, aparecem em branco, enquanto os gases e líquidos tem uma coloração mais escura. Por fim, há os tecidos do corpo que se apresentam em escalas de cinza, permitindo uma abrangência no diagnóstico. Entre as principais identificações que a tomografia computadorizada dá acerca do paciente estão problemas na cabeça, como hemorragias intracranianas, fraturas cranianas ou da face e acidentes